segunda-feira, 28 de março de 2011

Ser companheiro...

foto (divulgação)

Companheirismo, qualidade difícil, de se encontrar numa época em que o individualismo predomina.
O mundo desaprendeu o “estar com alguém” ou “contar com alguém” e em seu lugar, exerce uma busca de independência na relação com o próximo.
Saber ser companheiro de alguém é uma arte que se baseia na maturidade do ser humano, é permitir estar junto sem querer dominar ou ter poder absoluto sobre quaisquer, coisa.
Ser companheiro nos possibilita ser diferente de alguém e, apesar disso aceitar e respeitar essa diferença.
De nada adianta um amontoado de gente, cada qual usando seu tempo em benefício próprio, sem a coalizão do companheirismo. É a liga que une as pessoas de bem. É o tempero das relações. É o refrigério dos amigos
Como outras coisas na vida, a dualidade aqui também se faz presente, o companheirismo nasce e se desenvolve na relação, se alimenta dela e da crença de que somente convivendo é o que me tornarei, antes de tudo, companheiro de mim mesmo.


Esse texto escrevi como maneira, forma de agradecer o tamanho carinho que uma seguidora teve por mim, fazendo uma bela divulgação do meu blog, no seu cantinho (blog).
Zuka, obrigada por ser essa companheira e divulgadora do meu trabalho e de todas aquelas que trilham nesse caminho da educação.
Parabéns pela iniciativa de colaboração.
Claro que não posso deixar de agradecer a todos os seguidores do blog, os lindos recadinhos e os belíssimos comentários dos posts.
Valeu pessoal, sem vocês esse blog ficaria estacionado e esquecido no tempo.

Blog da professora Zuka: http://vidadeprofa.blogspot.com

2 comentários:

  1. Só me resta dizer: Obrigada!
    BJS

    ResponderExcluir
  2. oI,PASSANDO PRA FAZER UMA VISITA, AGRADECER SEU E-MAIL E DEIXAR UM BEIJINHO
    SAN

    ResponderExcluir